terça-feira, 16 de novembro de 2010

método da alma


método da alma   *** (1)



a alma
esta que eleva
a poesia da queda

a alma de layara
é assim
não exaura

- é lázara -

uma promessa
que num piscar
de olhos e (sor)risos
exala

seu nome
tem número e som

- é vítreo -

explico: um olhar de diamante -

( uma estrela de vidro um brilho no semblante )

e diamante
vem das gerais
das minas dos vitrais

um verso diamantino
perfeito mira o espelho
esta mineira
e se vê guerreira

- ela de pouso alegre eu de porto alegre -

nossos portos bem sabemos
de nossas aldeias
toda esta alegria

- lázara “ layara “ papandrea -

da alma lavada na lama na poeira
desta pangea

que escreve a palavra
e faz dela sua escrava
na bateia

e se eleva:

“ elevar-se dentro de si para ser “

- promessa -



*** (1)  poema para Layara. Lázara Papandrea. de perturbadora poesia. 

Um comentário:

  1. já li e reli tantas vezes estes versos! quando o elogio vem de alguém que escreve muito é coisa pra se ficar feliz!

    ResponderExcluir