quarta-feira, 30 de junho de 2010

florfúria


florfúria 



concreto é o cimento
que sinto-me 
cobrir
rir
ir
mentir
refletir
flertar
flechar
cimentar
introduzir
intrometer
in
intronitrointronitrointronitronitrointro
inri
rinoceronte sinistro
iridesce
a íris
no horizonte
cobre
é a cor branca
ancas e nacos
de cores (des)cobrindo 
o sol petrificado
o céu
a imensidão
diária
que ab
sinto-me 
dolorido
imagino:
medos
alaridos
imagem concreta discreta  “ in creta ”
a explosão no horizonte
“ le bateau ivre “
uma gaivota livre 
a miragem via viagem 
via a ira de uma gata
selvagem 
vive sete
(cé) taras
revividas 
etéreas
irreais ir
ais
no cio do céu
flor orgias
garoas fogaréus
alegorias...

Nenhum comentário:

Postar um comentário